Bluetooth deve ser misturado a Wi-Fi e à banda ultra-larga.

Se há Wi-Fi, para quê Bluetooth?

Segundo um estudo da ABI Research publicado recentemente, os dispositivos móveis que podem ser mantidos sempre conectados à Internet (vamos chamar de smartphones) crescerão 167% e as conexões sem fio de curta distância em Bluetooth se misturarão com outras tecnologias sem fio mais sofisticadas.

A primeira delas deverá ser o Bluetooth sobre rede 802.11, também conhecido como AMP (Alternate MAC PHY). É uma tecnologia que usa um software para permitir que os circuitos Bluetooth dos dispositivos usem a maior velocidade da conexão Wi-Fi quando isso é necessário para transmitir maior quantidade de dados.

Até 2011, a banda ultra larga (UWB, de ultra wideband) pode começar a ser usada como esteróides do Bluetooth, segundo o analista Douglas McEuen, da ABI Research.

Além disso, o Bluetooth continuaria essencial para conectar dispositivos como headsets sem fio —tanto que a consultoria espera que a presença da tecnologia aumente em 95% até o final de 2008.

Curiosidade: como os smartphones serão maiores do que os telefones celulares, o estudo prevê que alguns usuários também irão carregar um celular de baixo custo, por conveniência.

Será que o Bluettoth sobreviverá?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: