Alfa do Chrome 2.0 antecipa planos do Google

O Google já tem disponível um alfa da versão 2.0 de seu navegador Chrome. As atualizações indicam como o Google pretende fazer seu browser decolar.

Desde a sexta-feira (9), quem está inscrito no programa para desenvolvedores do Google Chome pode baixar um alfa do Chrome 2.0.

Apesar de instável, a nova versão apresenta alguns recursos que são apostas da companhia para fazer seu navegador desempacar da tímida marca de 1% de participação de mercado.

Entre as novidades, está um botão que permite ao usuário migrar entre perfis de navegação, um profissional e outro pessoal.

Assim, num perfil é possível configurar o e-mail do trabalho e favoritos como os sites mais visitados dentro do escritório.

Já no segundo, pessoal, o usuário pode ver apenas bookmarks de sites que em nada lembram o emprego e poderá assinar feeds RSS de temas desligados do mundo do trabalho. Mas isto só será possível quando o Google tornar disponível feeds no Chrome, o que ainda não acontece nesta versão alfa.

O navegador adota ainda um recurso que autocompleta endereços digitados na barra do navegador, algo que não chega a ser uma novidade, mas não existia na versão anterior do browser. Novos ícones de lupas permitem dar zoom in e out nas páginas visitadas. O recurso compensa perdas de resolução com o zoom in, o que na prática permite ver algumas fotos ou vídeos da web com um pouco mais de detalhes e nitidez.

A versão alfa conta com um novo corretor ortográfico, ampliado em relação a edição anterior e especialmente mais fácil de usar, já que fica acessível com um único clique.

Linux e Mac OS

As mudanças no código do Chome 2.0 já deixam o aplicativo quase pronto para rodar em outras plataformas, como Mac OS e Linux. A expectativa da indústria é que todos estes recursos estreiem conjuntamente para Windows, Linux e Mac. Até hoje, o navegador do Google só roda no sistema operacional da Microsoft.

Todas estas mudanças foram apresentadas apenas 30 dias depois do Google tirar da fase beta a primeira versão do Chrome. A expectativa da companhia é que, sem a etiqueta beta, possa embarcar o aplicativo em máquinas ainda nas linhas de montagem dos integradores. A ideia é que, se o browser sair pré-instalado, tem muito mais chances de se popularizar.

Além de embarcar o Chrome em novos PCs, o Google aposta na força de seus outros produtos para turbinar a adesão ao browser. O Google Pack, por exemplo, já não oferece o Firefox como primeira opção de browser e serviços populares como YouTube e orkut exibem mensagens recorrentes com convites “teste este vídeo no Google Chrome”.

Para baixar a nova versão do Chrome, é preciso antes instalar a versão 1.0 do navegador. Depois, o usuário deve se inscrever no canal de desenvolvedores do navegador e só aí baixar o alfa.

Fonte: http://info.abril.com.br/aberto/infonews/012009/09012009-53.shl

Anúncios
Publicado em Download. Tags: , . Leave a Comment »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: