Feliz 2010!

Feliz 2010 para todos aqueles que ainda leem este humilde blog, apesar da falta de atualização…
Infelizmente devido a minha falta de tempo, muito trabalho e estudo, não tenho atualizado este blog. O pouco tempo que tenho na NET, tenho utilizado mais o twitter…. Podem me seguir pois não lá não tenho a impressão de ser sempre seguido.. Péssimo!

Bem, é isso. Espero que em 2010 as atualizações possam voltar ao normal e eu esteja bem mais presente por aqui, assim como vocês! da mesma forma que vocês!

Agora desejarei um feliz ano novo em todas os idiomas dos países que me visitam:

Feliz ano Novo!
Happy New Year!
سنة جديدة سعيدة!
새해 복 많이 받으세요!
Nouvelle année heureuse!
Gelukkig Nieuwjaar!
Feliz Año Nuevo!
Glückliches neues Jahr!
明けましておめでとう!
新年好!

Anúncios

Samsung de 12 MP!!!

O celular SCH-W880 possui uma câmera de 12 megapixels com zoom óptico de 3x, pode gravar vídeos em alta definição (720p) e tem um visor AMOLED de 3,3 polegadas sensível ao toque com resolução de 800 x 480.

O aparelho vem com 4 GB de memória interna (expansível até 32 GB com cartão microSD), possui conectividade Bluetooth 2.0 e USB 2.0, suporta redes WCDMA (2100 MHz); GSM (900), DCS (1800), PCS (1900) e suporta arquivos MPEG4, H.263, H.264, DivX, XviD, MP3, AAC, AAC+, AAC+ e WMA.

O aparelho estará disponível na Coréia em outubro.

shc w880

Fonte: Baboo

E o melhor é que ele ainda faz ligações…

HTC lança novo celular baseado em Android

A taiwanesa HTC, uma das maiores fabricantes de smartphones em todo o mundo, anunciou o lançamento de mais um aparelho baseado no sistema operacional Android, da Google. O HTC Tattoo aposta no baixo custo, personalização e em uma nova interface gráfica para conquistar os usuários.

O aparelho é um smartphone GSM quadribanda com tela sensível ao toque de 2.8 polegadas (240 × 320 pixels), 512 MB de ROM, 256 MB de RAM, memória expansível com cartões microSD, Bluetooth, Wi-Fi, Rádio FM, GPS, bússola eletrônica (como no iPhone 3GS) e uma câmera de 3,2 MP.

O HTC Tattoo tem a nova interface gráfica Sense, desenvolvida pela própria HTC e que estreou em outro aparelho, o HTC Hero, e geralmente considerada superior à interface original do Android em beleza e usabilidade. Um vídeo (em inglês) demonstrando a nova interface pode ser assistido no site da PC World pelo atalho tinyurl.com/l7mug6.

A empresa também aposta na individualização como forma de atrair o consumidor: os usuários poderão criar suas próprias capas para o aparelho, ou escolher um entre vários designs pré-existentes. Como no HTC Hero, a tela de toque do Tatoo terá tratamento contra marcas de dedos e o corpo do aparelho será revestido com Teflon para evitar riscos.

Segundo a HTC, o Tattoo deve chegar às lojas na Europa em outubro deste ano e, após isto, em “mercados selecionados”. Embora o preço sugerido não tenha sido divulgado, acredita-se que o aparelho será uma alternativa de baixo custo a modelos já existentes como o Hero ou Magic.

A HTC deve anunciar, em meados de setembro, o lançamento de seu primeiro smartphone Android no mercado brasileiro. Entretanto, o “timing” do anúncio torna improvável que ele seja o HTC Tattoo. A aposta é no HTC Hero, o modelo “high end” da empresa.

Fonte: Geek

Gostei deste aparelho! Ele é bem simpático e tem um boa performance como Smartphone!

Futuro dos jornais pode estar nas telas dos smartphones

Nos últimos anos, os jornais impressos têm enfrentado uma dura batalha contra a internet e a livre circulação da informação, tendo visto quase todas as suas funções tradicionais serem roubadas por serviços gratuitos, instantâneos e interativos de informação na web. Mas, uma nova tendência que está surgindo nos Estados Unidos pode ser um dos caminhos para a sobrevivência econômica dos jornais.

Um artigo publicado pelo site Wired cita acordos recentes de grandes jornais como The Washington Post, Times e The Boston Globe como uma tendência que poderá se tornar padrão nos próximos anos. Estes jornais concordaram que a Amazon vendesse leitores eletrônicos com desconto para seus assinantes de conteúdo online moradores de áreas não cobertas pela entrega de jornais.

Segundo o artigo, a Hearst Corp, gigante americana do setor de comunicações, deve lançar em breve um leitor eletrônico próprio com uma tela maior do que os leitores eletrônicos já existentes no mercado, com o objetivo de aproximar a experiência virtual com a leitura tradicional de jornais e revistas impressos.

A Microsoft também poderia estar preparando para os próximos anos um jornal eletrônico transmitido através de um “papel” dobrável e sensível ao toque.

Mas, segundo o artigo do Wired, o principal diferencial dos leitores eletrônicos móveis em relação aos computadores normais é a possibilidade de identificarem a localização exata do usuário, permitindo que sejam transmitidas informações específicas sobre o local onde a pessoa se encontra.

“Estamos descobrindo que um número cada vez maior de jovens estão adquirindo notícias através dos seus smartphones”, afirmou Geeta Dayal, professora de uma disciplina sobre telefones celulares e jornalismo no curso de comunicação da Universidade da Califórnia. “E, quanto mais as pessoas usam seus telefones celulares para ter acesso a informações, mais eles vão querer saber o que está acontecendo onde eles estão no momento”, acrescentou.

Deste modo, se desenha como um futuro possível para os jornais o de produzir informação “hiperlocal”, um tipo de serviço já prestado pelo site americano Yelp, cuja versão de aplicativo para o iPhone oferece indicações de restaurantes e serviços próximos ao local onde o usuário do telefone se encontra.

O artigo da Wired acredita que, dentro de alguns anos, os usuários de smartphones e outras tecnologias móveis vão ser os principais usuários dos serviços de informações pagas através da web, justamente por estarem interessados em conteúdos específicos do local onde eles se encontram.

Fonte: Odia

Arroz pode salvar aparelho eletrônico que cai na água

Segundo o site Lifehacker, enterrar aparelhos eletrônicos que tenham caído na água em uma montanha de arroz pode “salvá-los”. Teoricamente eles teriam ficado inutilizados, mas se forem colocados sob o cereal toda a umidade é absorvida e consequentemente o telefone, câmera, mp3 player ou algo do tipo ressuscita.

Para que o procedimento dê certo é necessário que o ar do local onde o arroz estiver tenha baixíssimo nível de umidade. Dessa forma, as chances de recuperação do eletrônico são de quase 100%. Se por acaso você der um mergulho com o celular ou mp3 no bolso já sabe o que fazer para não ficar no prejuízo.

Espero não precisar fazer o teste…Mas caso precise vou tentar!
Acho até que vou jogar um celular velho na água para testar! Melhor não…

Fonte: Odia

Boné e camiseta ‘captam’ sinal de redes WiFi para usuários geeks

Camisa Wi-fi

Eles têm detector embutido para localizar redes 802.11b/g pelo caminho.
Quanto mais perto o usuário está da rede, mais iluminadas ficam as peças.

Adoraria ganhar uma camisa dessas…Um boné só seria bom para outras pessoas verem onde tem sinal…ou então eu andaria com o boné na mão…

Fonte: G1

Linux Cristão?

linux-ubuntu-cristao-300x225

É isso mesmo! Enquanto há radicais que insistem que “computador é coisa do demo”, mentes mais racionais decidem usar a tecnologia a serviço da fé. O Ubuntu CE (Christian Edition) é uma variante do Ubuntu Linux para usuários cristãos (não importa se protestantes, evangélicos ou católicos, dizem os desenvolvedores) que traz, além de todas as características do Ubuntu tradicional, software e modificações que os ajudarão a a viver uma “vida digital” condizente com sua fé.

Baseado no Ubuntu 9.04 (a versão mais recente), o Ubuntu CE tem software como o Xiphos e E-Sword, para estudo da Bíblia, OpenSong para facilitar a regência de corais e organização de partituras para missas e cultos, GnomeOffice como suíte Office, GnomeCash para organizar as finanças da congregação e um filtro de navegação na internet pré-configurado, baseado no DansGuardian, para evitar acesso a conteúdo impróprio.

O software é distribuído gratuitamente, na forma de uma imagem ISO de 700 MB para ser gravada em um disco CD-R. O processo de instalação é idêntico ao do Ubuntu tradicional, e é possível “converter” ao cristianismo um sistema Ubuntu já instalado ( ubuntuce.com/convert.htm ).

Embora não seja uma versão oficial do Ubuntu, e portanto não tenha direito ao suporte técnico da Canonical, o Ubuntu CE conta com um fórum na internet onde os usuários podem buscar auxílio junto a outros membros da comunidade.

O Ubuntu CE, assim como o próprio Ubuntu, é gratuito e está disponível em seu site oficial.
Fonte: Geek

Muito interessante!! Se Linux é de Deus, o Windows é do Demo?
Com isso cheguei a uma interessante conclusão! O céu é de graça, logo se alguém te cobrar por isso, é do Demo…
hehehehe…