2ª Mão – Análise II

Hoje, vou falar sobre um dos poucos Smartphones que possuem o Sistema Operacional Android, que já está no Brasil. Ele é o LG GW 620. Abaixo descreverei as principais funcionalidades, preço médio, e os prós e contras dele…

GW 620

Hardware: Este aparelho mede 10,9 por 5,4 por 1,5 centímetros e pesa apenas 139 gramas. Possui teclado
QWERTY no formato slide com cinco linhas, que não deixa o aparelho largo e faz com que ele cabia no bolso sem maiores problemas. Entretanto, para deixá-lo na media para os bolsos, a tela de apenas 3 polegadas sensível ao toque é pequena para navegar na web e permite a reolução de apenas 320 X 480.

Sistema Operacional: Usa o Android 1.5(Cupcake), Quadriband (GSM/EDGE 850/900/1800/1900 MHz).

Funcionalidades: A câmera dele tem 5 megapixels, ele tem 3G, Wi-Fi, A-GPS e rádio FM embutido. LG Push Mail: Possibilidade de integração e recebimento de seus e-mails automaticamente. Agregador de redes sociais

Pontos Fortes: A LG saiu na frente justamente pelo seu preço. O valor de R$ 1.099 pelo aparelho desbloqueado, é bom para um Smartphone com o S.O. Android.

Pontos Fracos: A grade deficiência do aparelho é o maior problema da maioria dos aparelhos com Android no Brasil: A sua pequena capacidade de armazenamento interno, são 150 MB de memória. E é justamente aí que todos os apps do Android Market ficam instalados. Ele aceita até 32 GB via microSD.

Preço Sugerido: O GW620 custa R$ 1.099 desbloqueado e está sendo vendido por todas as operadoras.

Anúncios

Carregador universal

Os principais fabricantes europeus de telefones celulares se comprometeram nesta segunda-feira perante a Comissão Europeia (órgão executivo da União Europeia) a criar um modelo único de carregador para todos os aparelhos que transmitem dados, que começará a ser comercializado em meados de 2010.

Em resposta a um pedido da Comissão para harmonizar os carregadores, dez empresas do setor assinaram um memorando de entendimento.

O grupo de empresas inclui Apple, LG, Motorola, NEC, Nokia, Qualcomm, RIM, Samsung, Sony Ericsson e Texas Instruments, o que representa 90% do mercado de celulares. O acordo foi anunciado pelo comissário de Indústria da União Europeia, Günter Verheugen, da Alemanha.

O comissário disse que o objetivo desta proposta é facilitar a vida dos usuários e reduzir o impacto ambiental de resíduos eletrônicos, já que os consumidores não terão que se desfazer dos carregadores quando comprarem novos celulares e smartphones.

Segundo Verheugen, o carregador universal funcionará através de um conector micro USB e servirá para todos os modelos de smartphones.

Verheugen disse que, apesar de esses celulares que transmitem dados representarem um quarto dos aparelhos em mãos de europeus, eles devem ser cada vez mais numerosos. Para estes, o carregador funcionará a partir de 2010.

Os celulares convencionais poderão ser carregados com o novo dispositivo, mesmo que não tenham uma entrada micro USB, graças a um adaptador.

Esta iniciativa voluntária da indústria atende ao desejo da Comissão sem ter sido necessário apresentar uma proposta de lei para harmonizar todos os carregadores em nível europeu, algo que o Executivo europeu estava disposto a fazer ainda este ano.

Verheugen também indicou que o objetivo da Comissão é que todos os eletrônicos, incluindo celulares, notebooks e câmeras digitais disponham de um único carregador universal em um prazo de cerca de dois anos.

Fonte: O dia

Estava na hora né? Quero ver, quanto tempo irá demorar a chegar no Brasil!

Celulares com o mesmo carregador!

Os principais fabricantes de celulares do mundo chegaram a um acordo para um dos maiores problemas para usuários do aparelho: o recarregador. LG, Motorola, Nokia, Samsung e Sony-Ericsson anunciaram nesta terça-feira que seus aparelhos terão o mesmo conector para os recarregadores.

Isso significa que, até 2012, a maioria dos aparelhos das fabricantes poderão usar o mesmo recarregador. Além de facilitar a vida dos 3 bilhões de usuários de celular no mundo, a medida visa evitar o desperdício de recursos naturais, uma vez que, atualmente, a perda do recarregador resulta na inutilização do aparelho celular.

O anúncio foi feito nesta terça-feira, no Congresso Mundial de Mobilidade, em Barcelona. O padrão escolhido foi o mini-USB, semelhante ao padrão mundial utilizado nos computadores para conexão com dispositivos móveis.

A associação que define os padrões da rede GSM também anunciou a fabricação de recarregadores que utilizam cerca de 50% menos energia do que os atuais. Apesar da explosão do iPhone, há quase 2 anos, a Apple ficou de fora do acordo e continuará usando o recarregador padrão da empresa, utilizado também no iPod.

Essa unificação dos carregadores resolverá o meu e o problema de muitos que tem mais de um aparelho…
Sei que muitos dirão que hoje já existem aparelhos dual chip, mas temos que pensar que essa ação poderá baratear ainda mais os aparelhos!

Fonte: odia.terra.com.br

LG Renoir – Supercâmera

lg-renoir

Os recursos multimídias do LG Renoir impressionam. A câmera de 8 megapixels tem ótimas lentes Schneider/Kreuznach com flash de Xenon, que é mais potente. Ela tem estabilizador de imagem, reconhecimento de face, sorriso e até de piscada – útil para fotos de grupos. O recurso TouchShot permite focar e disparar ao tocar na tela. Com a foto pronta, é possível atenuar manchas e aplicar filtros. Como tem GPS, a câmera permite “geotagging”, carregando na imagem a informação de onde foi feita.

Na filmadora, o destaque é para a câmera lenta. O Renoir é o primeiro celular com tecnologia Dolby Mobile, que produz um som limpo e poderoso. A resposta ao toque é rápida, graças ao sistema operacional proprietário da LG. Mas muitos programas abertos ao mesmo tempo travam o aparelho. A tela inicial pode ser personalizada. O Renoir tem 3G com suporte para internet rápida e wi-fi. Custa cerca de R$ 1.500.

Ainda vou usar um aparelho da LG… Nunca tive, mas esse realmente me impressionou!

Fonte: Globo.com

LG Renoir (KC910)

Rufem os tambores e soltem rojões: o smartphone LG Renoir (KC910) chegará até o final da próxima semana às vitrines brasileiras. Com resolução de 8 megapixels, lentes Schneider-Kreuznach e muitas funções que favorecem fotógrafos de primeira viagem, a câmera do aparelho faz jus ao nome do pintor francês.

Um desses recursos é o Touch Shot que reduz o tremor da câmera e facilita a focalização dos objetos. Com ele, um simples toque na tela aciona o obturador. Já os recursos Beauty Shot e Art Shot possibilitam a remoção de imperfeições e a aplicação de filtros, respectivamente.

O Renoir tem conexão 3G, com suporte a HSDPA, e Wi-Fi. Além disso, possui tela sensível ao toque. O preço? 1 799 reais.

Não sou fã da marca LG, celular para mim é Nokia ou Motorola, no máximo Sony Ericsson…mas parece ser um bom aparelho!!

http://info.abril.com.br/blog/gadgets/20081208_listar.shtml?135447

21 celulares já rodam o pingüim da LiMO

LG, Panasonic, NEC, Motorola, Applix e Purple Labs.  Com essas marcas, os telefones celulares que rodam  a plataforma LiMO chegaram a 21.A plataforma é o primeiro filhote do consórcio LiMO, organizado para criar um sistema operacional aberto, baseado em Linux, para dispositivo móveis.  Vai concorrer com a plataforma Android, do Google.

Estão por trás da LiMO nomões como Samsung, DoCoMo, Vodafone, Orange, Verizon e Texas Instruments. Todos os celulares aí de cima rodam a plataforma.

 

 

Essa pode ser uma grande iniciativa para que os smartphones diminuam o preço…