Linux Cristão?

linux-ubuntu-cristao-300x225

É isso mesmo! Enquanto há radicais que insistem que “computador é coisa do demo”, mentes mais racionais decidem usar a tecnologia a serviço da fé. O Ubuntu CE (Christian Edition) é uma variante do Ubuntu Linux para usuários cristãos (não importa se protestantes, evangélicos ou católicos, dizem os desenvolvedores) que traz, além de todas as características do Ubuntu tradicional, software e modificações que os ajudarão a a viver uma “vida digital” condizente com sua fé.

Baseado no Ubuntu 9.04 (a versão mais recente), o Ubuntu CE tem software como o Xiphos e E-Sword, para estudo da Bíblia, OpenSong para facilitar a regência de corais e organização de partituras para missas e cultos, GnomeOffice como suíte Office, GnomeCash para organizar as finanças da congregação e um filtro de navegação na internet pré-configurado, baseado no DansGuardian, para evitar acesso a conteúdo impróprio.

O software é distribuído gratuitamente, na forma de uma imagem ISO de 700 MB para ser gravada em um disco CD-R. O processo de instalação é idêntico ao do Ubuntu tradicional, e é possível “converter” ao cristianismo um sistema Ubuntu já instalado ( ubuntuce.com/convert.htm ).

Embora não seja uma versão oficial do Ubuntu, e portanto não tenha direito ao suporte técnico da Canonical, o Ubuntu CE conta com um fórum na internet onde os usuários podem buscar auxílio junto a outros membros da comunidade.

O Ubuntu CE, assim como o próprio Ubuntu, é gratuito e está disponível em seu site oficial.
Fonte: Geek

Muito interessante!! Se Linux é de Deus, o Windows é do Demo?
Com isso cheguei a uma interessante conclusão! O céu é de graça, logo se alguém te cobrar por isso, é do Demo…
hehehehe…

Anúncios

Tirinha 37

Tecnologia

Essa tecnologia me diverte!!! Esse Windows então… (Piada Censurada)
Fonte: VidaBesta

Está faltando uma DLL?

Dll’s são algo que me irritam demais. Sempre aparece uma mensagem que falta tal dll…e que o programa não funcionará. O DLL-Files.com acaba com esse problema. Ao invés de procurar nos CDs ou reinstalar ‘n’ vezes o programa, você procura a dll que está faltando, baixa depois coloca onde ela deveria estar. Fácil, não?

O melhor é que o site é gratuito, sem registros…

Obs: DLL significa (Biblioteca de ligação dinâmica), que é a implementação feita pela Microsoft para o conceito de bibliotecas compartilhadas nos sistemas operacionais.

Os formatos de arquivos para DLL são os mesmos dos arquivos executáveis para Windows. Assim como os EXEs, as DLL podem conter códigos , dados, e recursos (ícones, fontes, cursores, entre outros) em qualquer combinação

Certamente assim como me ajudou, ajudará muita gente…

Vi aqui: Bugiganga

Windows 7 – Download

O Windows 7 finalmente está disponível para download no site da Microsoft. Na sexta-feira (09 / 01), o excesso de tráfego fez com que a disponibilidade do novo sistema operacional fosse adiada, mas a partir da tarde de sábado, dia 10, o download já era possível em seu site oficial.

Quem quiser testar, segue o link para download.
Windows 7

Vai demorar um pouco devido aos seus 2.44GB de tamanho… Mas acho que valerá a pena!

Quem já tiver testado, por favor coloque as opiniões nos comentários! Assim que tiver um tempo vou baixar e testar…

Sistema livre criado em SC ‘imita’ Windows

Um sistema operacional livre produzido numa pequena cidade de Santa Catarina vem fazendo sucesso entre os internautas. O BRLIX já conta com cerca de 13 milhões de downloads em todo o mundo, menos de um mês depois de seu lançamento.

Criado por professores e alunos da Faculdade Metropolitana de Guaramirim (FAMEG), município de 30 mil habitantes localizado a cerca de 170 quilômetros de Florianópolis, o BRLIX GNU/Linux é a chamada “seqüência” de um projeto de pesquisa chamado FAMELIX, que já contou com 26 milhões de downloads em cinco idiomas.

O novo projeto, desenvolvido pela mesma equipe, conta com uma interface e recursos muito semelhantes ao Windows Vista. E nasceu com o objetivo de auxiliar no combate à pirataria e na inclusão digital de comunidades, segundo o professor David Emmerich Jourdain, alemão radicado no Brasil e um dos criadores do sistema.

“Vivemos diante de uma geração Windows. Muitas pessoas não conseguiram se familiar ao Linux devido aos seus comandos serem muito distintos”, afirma. “Com o nosso software, utilizamos interfaces muito semelhantes, para que o usuário possa optar por softwares livres de forma natural”.

O painel de controle e suas principais funções, o acesso às pastas e arquivos do computador e até a apresentação são realmente quase idênticos ao software da Microsoft. “Não competimos com o Windows, conhecido por 90% dos usuários de todo o mundo. Nos adaptamos para criar uma plataforma livre e convencer o usuário”, diz o professor. “A diferença é que o BRLIX é de graça”.

Segundo David, o software brasileiro apresenta alternativas que facilitam o aprendizado, além de permitir que usuários que já conhecem o Vista ou o XP não se sintam “perdidos” no novo sistema operacional. “Além de atender as necessidades da maioria dos usuários, o BRLIX pode reduzir sensivelmente os custos de iniciativas de inclusão digital, por exemplo, evitando o alto investimento em softwares proprietários”, acrescenta.

Emmerich e os alunos criaram uma empresa, a Epidemus, para gerenciar a demanda do produto no mercado e continuar as pesquisas dentro da universidade. Eles já receberam boas notícias: redes de lojas como as Casas Bahia, no estado do Ceará, começaram a instalar o sistema nos notebooks vendidos na região. Contatos com fabricantes de computadores e celulares também estão sendo realizados, revela o professor, que se denomina anti-Windows por “ideologia”.

O BRLIX chegou a derrubar um servidor da Universidade de São Paulo diante de quantidade de downloads de usuários. “Conseguimos que o governo de Santa Catarina nos cedesse um servidor para que os usuários baixem o sistema”, explica.

“Não víamos muito sentido num projeto desenvolvido em nosso Estado estar disponível para download somente em servidores da USP”, diz Paulo Luna, diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da secretaria de Desenvolvimento Sustentável do estado catarinense. “Como temos grande interesse na área tecnológica, passamos a apoiar o projeto”.

O BRLIX, que tem como símbolo uma arara azul, está disponível para dowload no site http://www.brlix.com.

A semelhança no nome com Asterix, o fanfarrão herói dos quadrinhos, não é mera coincidência. “Somos como os gauleses que arrumavam encrencas com todos os grandes impérios”, brinca Emmerich.

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI3345036-EI4801,00-Sistema+livre+criado+em+SC+imita+Windows+e+faz+sucesso.html

Tirinha 20

linux-x-virus

O pior é que ainda não uso o Linux…

By: http://www.tirinhas.com

Publicado em Tirinhas. Tags: , , , . 1 Comment »

Windows 3.1 finalmente sai de linha

windows31

Depois de 18 anos de serviços – a maior parte deles como sistema operacional ambiente gráfico de terminais bancários e sistemas de entretenimento usados em aviões – a Microsoft parou de vender o velho Windows 3.x no último dia 1º de novembro. Para rodar, o programa precisava de pelo menos um processador 8086/8088 de 10MHz, 640K de RAM e 7 megabytes de espaço em disco, requisitos ínfimos diante do poderio exigido pelo atual Windows Vista.

Ahhhhhhh!!!! Que pena que saiu de linha… Gostava tant0o dele!!!

Fonte: http://uoltecnologia.blog.uol.com.br/